O prêmio Modelos de Gestão de Empreendimentos e Negócios Criativos é uma iniciativa do Ministério da Cultura, por meio da Secretaria da Economia Criativa (SEC/MinC) que visa Premiar iniciativas inovadoras existentes voltadas para o desenvolvimento e a sustentabilidade de micro e pequenos empreendimentos criativos, cujos modelos de gestão promovam negócios em uma ou mais etapas dos ciclos de produção, circulação, distribuição, consumo e/ou fruição de bens e serviços.

E a Flexos foi selecionada entre as 100 empresas brasileiras que mais tem contribuído para a implementação de modelos mais humanizados e sustentáveis de gestão, segundo o edital da Secretaria de Economia Criativa do MINC. O resultado foi anunciado em novembro no portal no Ministério da Cultura.

Entendemos que esse prêmio é mais que um reconhecimento das nossas ações no sentido de promover a cultura cearense e brasileira como um todo, é um motivador que ratifica o direcionamento que adotamos em nossas ações que é a valorização do nosso patrimônio humano.
O Edital recebeu 651 inscrições no período de 13 de fevereiro a 30 de abril de 2012. Das 491 inscrições válidas, foram habilitadas 383 iniciativas na primeira fase, 223 para a categoria Novos Modelos de Gestão de Empreendimentos e Negócios Criativos e 160 para Formação para Competências Criativas.

Na segunda fase de avaliação, foram classificadas as 283 iniciativas que obtiveram o mínimo de 25 pontos por categoria. A avaliação foi feita entre setembro e outubro por uma comissão de 34 membros, composta por representantes do Governo Federal e da sociedade civil atuantes nas áreas criativas. Foram premiadas 69 iniciativas da região Nordeste, 53 do Sudeste, 10 do Centro-Oeste, 9 do Norte e 9 do Sul.

A premiação dos trabalhos relativos aos Modelos de Gestão contemplou iniciativas voltadas ao desenvolvimento e à sustentabilidade de empreendimentos criativos que estimulam os ciclos de produção, circulação, distribuição, consumo e fruição de bens e serviços criativos.

Já na área da Formação de Competências, a seleção premiou projetos pedagógicos que prevêem a estruturação de cursos livres, dirigidos à qualificação de profissionais que atuam em gestão de empreendimentos criativos, gestão de carreiras, gestão de redes e coletivos e capacitação profissional de técnicos dos segmentos criativos.

A secretária de Economia Criativa Cláudia Leitão comenta o prêmio. “Sem dúvida, o prêmio é um estímulo aos empreendimentos criativos brasileiros. Claro que não podemos viver de editais, precisamos de fomento e de marcos legais adequados, mas até bem pouco tempo não tínhamos essa discussão em nível institucional, como política de governo. O prêmio mostra que o país caminha para consolidar a Economia Criativa como um dos eixos para o seu desenvolvimento sustentável”, observa.

 
   
   
   
© 2005 Flexos Artes Todos os Direitos Reservados